Menu
Estilo de Vida

Os meus objetivos a curto prazo (1 ano)

Os meus objetivos a curto prazo (1 ano)

Praticamente todos os anos tenho por hábito criar uma pequena lista com alguns dos meus objetivos pessoais a curto prazo. 2019 não foi exceção e, como podem ver na seguinte fotografia de uma folha toda amarrotada, no dia 1 de Outubro de 2019 escrevi alguns objetivos que gostava de ver realizados no espaço de um ano. A grande maioria dos objetivos estão, principalmente, relacionados com trabalho, finanças e realização pessoal.

Como todos sabem, infelizmente, o ano de 2020 não tem sido dos melhores anos. A pandemia do novo Coronavírus (COVID-19) veio atrapalhar (e muito) o dia a dia da população mundial. Foram muitas as dificuldades e os obstáculos que todos nós nos deparamos ao longo destes meses, principalmente, a partir de meados de Março. Ainda assim, apesar das dificuldades impostas por este inimigo invisível, consegui realizar alguns dos objetivos a que me propus e que agora, exatamente um ano depois, partilho convosco. Vamos lá.

A minha lista de objetivos a curto prazo (1 ano)

Os meus objetivos a curto prazo (1 ano)

  • Simplificar o meu trabalho (ser mais objetivo)

  • A arte de simplificar o trabalho é diferente de pessoa para pessoa e de trabalho para trabalho. No meu caso, simplificar o trabalho passou por automatizar as cópias de segurança dos meus sites (assim não perco tempo a fazê-las manualmente), criar um site próprio para a divulgação do meu portfolio (já agora, aproveitem para visitá-lo no seguinte link – www.pedrofreitas.pt), instalação de software e de extensões que me auxiliam na produtividade e motivação, entre outros.

  • Vender projetos desnecessários (focar apenas no essencial)

  • Este foi um ponto que consegui (e ainda bem!) concretizar. Estava com bastantes projetos em stand by, ou em bom português, em banho maria. Quando não se sabe o melhor rumo a dar a um determinado projeto, mantê-lo pode ser um grande erro. No meu caso só me atrapalhava ter, por exemplo, sites que sabia que não tinham potencial para crescer e/ou que davam mais trabalho que lucro, contas de Instagram com milhares de seguidores não rentabilizadas, que só me faziam perder tempo, páginas de Facebook antigas que só ocupavam “espaço”, etc. Vender estes projetos não só me deram algum dinheiro extra de forma rápida, como também me fizeram poupar em algumas despesas anuais, como nas renovações dos domínios e alojamentos dos websites, por exemplo. E, a meu ver, mais importante que tudo isto, possibilitaram-me mais tempo livre para projetos realmente importantes.

  • Fazer alguma formação que me enriqueça a nível pessoal/profissional

  • Ainda não foi desta, a ver se em 2021… :/

  • Adotar um estilo de vida mais minimalista/saudável

  • Não é que tenha um estilo de vida completamente caótico, mas sei que posso (e devo) melhorar bastante em pequenos detalhes, desde manter o meu espaço de trabalho mais organizado e limpo (às vezes fico, de um momento para o outro, com a secretária cheia de coisas desnecessárias e completamente desorganizada), praticar mais exercício físico ou tentar ter uma alimentação mais cuidada e saudável.

  • Criar uma rotina de dia (de trabalho, de exercício, de alimentação, etc.)

  • Aqui a coisa também ainda não está como queria, bem longe disso até… além de tentar trabalhar sempre da parte da manhã, parece que nunca fico satisfeito com o meu rendimento e, por isso mesmo, de tarde continuo a ter sempre trabalho por fazer, o que faz com que descore na parte do exercício físico, que tão bem e tanta falta faz.

  • Estar a viver a 100% (com tudo comprado, decorado, estabelecido) no apartamento

  • Estamos há pouco mais de 7 meses a viver a 100% no novo apartamento, com tudo o que é considerado essencial para o dia a dia comprado, decorado, etc. Claro que uma casa nunca está a 100%, falta sempre uma coisa ou outra (as mulheres que o digam…) mas, do que é estritamente necessário, felizmente e finalmente, já está tudo!

  • Finalmente avançar com o canal no Youtube

  • Loading…

  • Criar projeto online “mais pessoal”

  • Estão a ler este artigo no meu/nosso novo projeto pessoal, portanto, este ponto pode ser “riscado”.

  • Melhorar técnicas de tech/woodworking (mais e melhores projetos)

  • Ainda não devem saber, mas o meu mais recente fascínio são projetos DIY, mais concretamente projetos sobre tecnologia e madeira no geral (são inúmeras as contas que sigo no YouTube sobre o tema). Ainda assim, desde a altura que escrevi a minha lista de objetivos, foram pouquíssimos os projetos que desenvolvi. Mas um dia mostro-vos alguns 😉

  • Conseguir juntar 5000 euros

  • Pode parecer pouco para uns e bastante para outros. A verdade é que com as despesas que tanto eu como a minha namorada tivemos quando nos mudamos (já sabia que nos íamos mudar na altura que escrevi a lista), decidi optar por um valor não muito elevado e, de certa forma, concretizável. Acabou por correr bem.

  • Conhecer pelo menos dois países novos

  • Neste ponto da lista de objetivos só tenho uma coisa a dizer: obrigado Coronavírus! 🙁

  • Fazer no mínimo uma viagem “grande” de mota

  • 300km pode ser considerada uma viagem grande?

  • Investir 10% do que ganho

  • Cheguei a um ponto em que ou juntava ou investia… preferi juntar (o que nem sempre é a melhor opção).

  • Criar um PPR ou semelhante

  • Ainda não o fiz por não ter encontrado nada do meu agrado, mas, se entretanto aparecer alguma coisa interessante, avanço…

  • Aumentar rendimentos online

  • Felizmente consegui alcançar este objetivo… a muito custo, mas foi atingido!

  • Passar mais tempo em família e menos tempo online

  • Quando se vive da Internet é extremamente difícil aumentar os rendimentos e conseguir passar menos tempo online. Normalmente, uma coisa está inteiramente ligada à outra, ou seja, quanto mais tempo online “se perde”, mais dinheiro se ganha. Foi muito graças ao ponto “Vender projetos desnecessários”, desta mesma lista, que consegui também alcançar este objetivo, visto ter-me focado mais nos projetos que realmente interessavam, aumentando, desse modo, a sua rentabilidade, e não perdi tempo com projetos que considerei estarem condenados ao fracasso.

  • Pensar menos, fazer mais (feito é melhor que perfeito!)

  • Still working on it…

  • Fazer um detox tecnológico (mínimo um fim de semana)

  • Uma vez mais, neste ponto, o Coronavírus trocou-me as voltas… ainda assim, eu e a minha namorada conseguimos relaxar uns dias pelo Lindoso, Lobios e Soajo. Foram apenas dois dias, mas sem portátil, sem chamadas profissionais, sem e-mails, sem Instagram, nada… Deu perfeitamente para recuperar energias.

  • Aprender a cozinhar mais e melhor

  • Não posso mentir, caso contrário a minha namorada vem já aqui… o meu nível de Chef manteve-se exatamente igual… consigo safar-me, mas num leque muito limitado de “pratos”.

Como podem ver, foram vários os objetivos cumpridos e outros tantos que ficaram por cumprir. Ainda assim, adoro fazer a minha lista anual de objetivos, porque me mantêm focado e motivado para os alcançar e fazem com que sinta que tenho um caminho a percorrer, que não ando ao sabor do vento. E vocês, costumam fazer este tipo de listas?

Sobre o Autor

Empreendedor digital, investidor, palestrante, cinéfilo, webmaster e blogger, dono de algumas dezenas de sites dos mais variados nichos, a trabalhar na Internet desde 2008.

2 Comentários

Deixa um comentário