Menu
Por Aí

Os meus destinos de sonho

Japão

São vários os destinos de sonho que fui “acumulando” ao longo dos anos. Ainda no final do ano passado escrevi um pequeno artigo com os meus destinos de “sonho” para 2020 (sabia lá eu o terrível ano que estava a chegar). Ainda assim, como sonhar não é pecado, aqui vão alguns dos meus destinos de sonho que espero visitar nos próximos anos (ou, se não for possível nos próximos anos, que seja um dia, mas que aconteça!).

Bali, Indonésia

Bali, Indonésia

Sim, começo a lista com um dos destinos de sonho mais clichés e mais nada moda nos últimos anos. A verdade é que sempre que vejo algum vídeo no YouTube ou uma publicação nos blogs que sigo sobre Bali fico (extremamente) invejoso. Além de ser um destino visualmente deslumbrante, Bali consegue (ainda) ser barato e uma meca para todos aqueles que trabalham ou ambicionam trabalhar como nómadas digitais (um dia falo-vos melhor sobre o que é ser um nómada digital).

Tibete

Tibete

A vontade de conhecer o Tibete começou a crescer dentro de mim quando vi, pela primeira vez, o filme 7 Anos no Tibete, com Brad Pitt. O país de Dalai Lama parece ser extremamente belo e culturalmente riquíssimo. Em Lhasa (“Land of the Gods”), fica o Palácio de Potala, a principal residência de Dalai Lama e é tida como uma visita obrigatória para todos aqueles que querem vivenciar um momento espiritual, visto ser um local onde se pode falar com monges e aprender um pouco mais sobre a cultura Tibetana.

Japão

Japão

A escolha do Japão prende-se pelo facto de ser um país completamente diferente de todos os outros. O choque cultural deve ser extremamente forte (e ao mesmo tempo tão bom de ser vivido) que a inclusão do Japão neste lista era obrigatória. O filme O Amor É um Lugar Estranho também foi um dos principais impulsionadores deste meu desejo de visitar o país nipónico. O facto de saber que a minha namorada também padece da mesma vontade de visitar o Japão torna a coisa ainda mais ambiciosa e concretizável, visto sermos dois a “puxar a carroça” no mesmo sentido.

Vietname

Vietname

Sim, continuamos pela Ásia (ainda não visitei nenhum país do continente Asiático, mas já sou apaixonado por ele, é possível?). Palco de uma das mais famosas guerras da história da humanidade, rico culturalmente, lindíssimo visualmente, produtores de bom café e um país “parado no tempo”, são apenas alguns dos motivos que me fazem querer tanto visitar este país. Um dia espero poder dizer “Bom Dia, Vietname”, como Robin Williamns faz no filme com o mesmo nome.

Grécia

Grécia

Sempre tive uma enorme curiosidade em visitar a Grécia e se fosse num cruzeiro (nunca fiz um e, se algum dia fizer, será pela costa mediterrânea), melhor ainda. Desde visitar a capital Atenas até às ilhas de Santorini e Mykonos (sim, eu sei que também estão super na moda), são muitos os pontos de interesse e de extrema beleza que só a Grécia pode proporcionar.

Costa Rica

Costa Rica

A ideia de visitar a Costa Rica nasceu há pouco tempo. Apesar de não ser um daqueles países que vem de imediato à ideia quando se pensa em viajar, a verdade é que a Costa Rica apresenta um enorme potencial para se tornar numa das maiores atrações turísticas dos próximos anos. São poucas as pessoas que sabem mas a Costa Rica é um dos países mais avançados no que toca a energias renováveis (90% de sua energia já vem de fontes renováveis) e pode vir a tornar-se num dos primeiros países do mundo com pegada de carbono zero. La Fortuna e o vulcão, Monteverde e a floresta tropical, Tamarindo e as praias, o que não faltam são locais de eleição neste país da América Central.

A lista de destinos de sonho nunca acaba

É óbvio que nesta pequena lista estão apenas alguns exemplos de destinos de sonho. São muitos mais os destinos que desejo e ambiciono visitar e, como em tudo na vida, os gostos e as vontades ao longo dos anos alteram-se e moldam-se à pessoa que te vais transformando. Contudo, espero visitar todos estes (e muitos mais) destinos de sonho.

E desse lado, quais são os vossos destinos de sonho? Deixem um comentário, gostaria de saber 🙂

Sobre o Autor

Empreendedor digital, investidor, palestrante, cinéfilo, webmaster e blogger, dono de algumas dezenas de sites dos mais variados nichos, a trabalhar na Internet desde 2008.

Sem Comentários

    Deixa um comentário