Menu
Desporto / Tempos Livres

Cristiano Ronaldo, o verdadeiro Bola de Ouro

Cristiano Ronaldo, o verdadeiro Bola de Ouro

Este ano era muito complicado para Cristiano Ronaldo trazer a tão desejada sexta Bola de Ouro para casa. A verdade é que a nível pessoal CR7 não esteve tão bem como noutros anos e, apesar de ter conquistado a Serie A (21 golos marcados), a Supertaça Italiana (apontou o golo vitorioso na final) e a Liga das Nações (contribuiu com um hat-trick importantíssimo frente à Seleção da Suíça), e ter ainda sido eleito o melhor jogador da Liga Italiana da época passada, a realidade é que os números não foram os mesmos que CR7 nos tinha vindo a habituar. A juntar a isso, a má campanha da Juventus na Liga dos Campeões deitou tudo a perder… nem o brilhante hat-trick frente ao Atlético Madrid chegou para salvar CR7 e a Juve.

Apesar de tudo isto, se formos a ver a campanha de Lionel Messi, a verdade é que apenas a nível pessoal (golos e assistências) esteve melhor que CR7, já que a sua campanha na Liga dos Campeões do ano passado terminou de forma humilhante para o Barcelona frente ao Liverpool, e mesmo a campanha de LM10 ao serviço da sua seleção na Copa América não foi, de todo, a melhor, visto que marcou apenas um golo de grande penalidade e foi eliminado na meia final frente ao Brasil.

Contudo, aceito, por muito que me custe admiti-lo, que este ano o prémio seja atribuído a Lionel Messi pela sua fantástica campanha ao serviço do seu clube, tendo sido campeão da Liga Espanhola, vencedor da Supertaça Espanhola e terminado a época como melhor marcador tanto da La Liga como da Liga dos Campeões. A juntar a tudo isso, Messi foi ainda o vencedor da Bota de Ouro, prémio atribuído ao melhor marcador europeu do ano.

Posto isto, só me resta dar muitos parabéns ao craque do Barcelona pela sua sexta Bola de Ouro que, se as coisas tivessem sido bem feitas no ano passado como foram este ano, igualaria Ronaldo no topo da lista de vencedores da Bola de Ouro com seis títulos conquistados… Como tal não aconteceu, LM10 possui assim seis Bolas de Ouro contra as cinco de CR7.

Ainda assim, por tudo o que CR7 tem feito ano após ano, por ter metade dos portugueses “contra ele”, por se ter erguido tantas vezes depois de cair, Cristiano Ronaldo é, para mim, o verdadeiro Bola de Ouro.

P.S. Uma coisa é certa, quando estes dois monstros deixarem de jogar futebol, o desporto Rei nunca mais vai ser o mesmo! Enquanto durarem, como amantes “da bola”, só nos compete aproveitar e desfrutar, seja qual for o nosso jogador preferido.

Sobre o Autor

Empreendedor digital, investidor, palestrante, cinéfilo, webmaster e blogger, dono de algumas dezenas de sites dos mais variados nichos, a trabalhar na Internet desde 2008.

Sem Comentários

    Deixa um comentário